Após 19 anos e acordos, Cade encerra investigação de cartel da laranja – Jornal do Comércio

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) encerrou nesta quarta-feira (28), a mais longa investigação em curso no órgão: do cartel da laranja, iniciada em 1999. O conselho entendeu que foram cumpridos os termos de compromisso de cessação de conduta anticompetitivas assinados em 2016 e arquivou as acusações contra a Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (Abecitrus), as empresas Cutrale, Citrovita, Coinbra, Fischer, Cargill, Bascitrus e 10 pessoas físicas.

O Cade arquivou ainda, por falta de provas, a investigação contra as empresas Frutax Agrícola e Montecitrus e também contra 11 pessoas físicas.

A investigação foi iniciada após denúncia de produtores de laranja de que havia um conluio para a compra da fruta para produção de sucos. A investigação concluiu que houve cartel entre 1999 e 2006, com combinação de preços para a compra da laranja e divisão de mercado.

Nos termos de compromisso, os investigados reconheceram a participação no cartel e se comprometeram a colaborar com a investigação e cessar as práticas anticoncorrenciais. Na época da assinatura dos acordos, as empresas e empresários pagaram multas que somaram R$ 301 milhões.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!