Plataforma Medichain Visa Lidar com Ataques Cibernéticos, Violações de Dados e Erros Caros – Portal do Bitcoin

Ao longo dos últimos anos, a reputação do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) sofreu devido a relatórios altamente divulgados de ataques cibernéticos, violações de dados de pacientes e erros que podem ter levado a perdas de milhares de vidas.

Agora, no entanto, uma solução pode estar próxima. A plataforma médica de big data da MediChain tem planos para proteger registros de saúde eletrônicos (EHR) e registros médicos eletrônicos (EMR) que capacitarão os pacientes, proporcionando maior segurança aos dados EHR e EMR e minimizando erros caros.

Em maio de 2017, partes do NHS foram paralisadas por um ataque cibernético que expôs as vulnerabilidades dos sistemas de TI usados ​​pelo provedor de cuidados de saúde público do Reino Unido. Os hospitais descobriram que seus computadores Windows foram infectados pelo vírus de malware WannaCrypt, que também emitiu demandas de resgate se desejassem recuperar o acesso. O ransomware foi felizmente parado por um blogueiro. No entanto, em outubro de 2017, um dos mesmos hospitais foi atingido pelo vírus novamente.

Com o objetivo de aliviar a tensão, o NHS Digital, o braço de TI do NHS, anunciou um contrato de 20 milhões de libras esterlinas em novembro de 2017 para garantir o apoio de hackers éticos para evitar novos ataques. No entanto, tais tentativas para aliviar as preocupações dos pacientes sobre a segurança de seus dados médicos pessoais foram prejudicadas em janeiro de 2018, quando um conselho de saúde da universidade no País de Gales teve que pedir desculpas a 41 pacientes, cujos arquivos foram acessados ​​ilegalmente por um funcionário hospitalar administrativo. E este não é o primeiro incidente – uma enfermeira acessou ilegalmente os dados de 3.000 pacientes durante um período de dois anos em outro hospital galês.

Por sorte, a plataforma da MediChain pode aliviar as preocupações dos pacientes. O blockchain da empresa envolve a criação de uma nuvem compatível onde os pacientes podem armazenar suas informações médicas e controlar os dados reais que compartilham com médicos, hospitais e outras partes. Como diz o médico Mark Baker da MediChain: “Nós não só colocaremos os pacientes responsáveis. Agora, sempre que novas informações são adicionadas sobre um paciente, devido a cirurgia, consulta ou receita médica, o paciente decidirá de forma independente o que deve incluir em seu registro, por meio de um aplicativo, por exemplo, adicionando uma referência ou “ponteiro” para o nosso blockchain da Ethereum”.

Além disso, o blockchain médico permite a entrada de informações cruciais fora da cadeia. Dr. Baker destaca um dos principais benefícios do aspecto fora da cadeia do sistema: “Nosso ecossistema blockchain indexa dados de pacientes altamente sensíveis usando uma base de dados criptográfica mantida por uma rede informática praticamente incorruptível. Além disso, a permissão do paciente é necessária para acessar chaves criptográficas específicas”.

O sistema também ajuda a resolver outra falha que tem assediado o NHS – erros que ameaçam a vida. No final de fevereiro de 2018, o Secretário de Saúde do Reino Unido, Jeremy Hunt, declarou que o governo faria o melhor para reduzir o número de mortes causadas pela prescrição ou emissão de drogas erradas aos pacientes. Isso seguiu o lançamento de pesquisas patrocinadas pelo governo, indicando que as mortes de até 22.000 pessoas no país podem ser devidas a tais erros e que os médicos de clínica geral, hospitais, lares e farmacêuticos podem ter 237 milhões de erros por ano.

Os médicos que iniciam sessão na plataforma da MediChain, mesmo de diferentes hospitais, ou os próprios pacientes usando cartões inteligentes, inserem as informações no mesmo blockchain. Dr. Baker observa: “Esta informação torna-se parte do registro fora da cadeia do paciente. Como o paciente agora estará no controle e as informações serão compartilhadas de forma segura entre médicos gerais, hospitais e pacientes, isso pode reduzir o risco de que os medicamentos errados sejam dispensados ​​e salvar vidas perdidas com inutilidade”.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!