Dólar recua ante rivais em meio a preocupações com protecionismo nos EUA – Jornal do Comércio

O dólar recuou na comparação com suas principais rivais, nesta sexta-feira (2) ao passo em que preocupações com o protecionismo comercial continuaram a afetar os mercados.

No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar recuava a 105,69 ienes, de 106,25 ienes ontem; o euro subia a US$ 1,2333, de US$ 1,2262; e libra avançava a US$ 1,3790, de US$ 1,3772.

A promessa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de impor tarifas sobre as importações de aço e alumínio preocupou alguns investidores, que temem que essas medidas possam aumentar a inflação e resultar em retaliações por parte de parceiros comerciais dos EUA. Grandes detentores de títulos da dívida americana, incluindo a China, Japão e a União Europeia, podem vender ativos americanos em resposta, de acordo com alguns analistas.

“A ameaça de uma guerra comercial impediu a recuperação do dólar e vai pesar no desempenho da moeda daqui pra frente”, disseram analistas do Scotiabank, em nota a clientes. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!