Focus aponta leve alta do PIB e queda da inflação em 2018 – Jornal do Comércio

O relatório Focus do Banco Central (BC) desta segunda-feira (5) aponta uma leve alta da projeção de alta do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e inflação um pouco menor em 2018. A mediana para o IPCA este ano caiu de 3,73% para 3,70%. Há um mês, estava em 3,94%. Já a projeção para o índice em 2019 caiu de 4,25% para 4,24%. Quatro semanas atrás, estava em 4,25%.

Para o PIB em 2018, a alta passou de 2,89% para 2,90%. Há um mês, a perspectiva estava em 2,70%. Para 2019, o mercado manteve a previsão de alta do PIB de 3%. Quatro semanas atrás, a expectativa já era de 3,00%.O Banco Central atualizou suas projeções para o PIB no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado em dezembro. Para 2018, a estimativa é de 2,6%. Na semana passada, o IBGE divulgou que o crescimento do PIB brasileiro em 2017 foi de 1%.

As projeções reforçam a inflação em 2018 dentro da meta, de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual (índice de 3,0% a 6,0%). Para 2019, a meta é de 4,25%, com margem de 1,5 ponto (de 2,75% a 5,75%). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, no início de fevereiro, que o IPCA de janeiro subiu 0,29%. O resultado ficou abaixo do que esperava o mercado financeiro. Em 12 meses até janeiro, a taxa acumulada é de 2,86%. No início do mês, antes da divulgação do IBGE, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC atualizou suas projeções para o IPCA: 4,2% para 2018 e 4,2% para 2019.

No câmbio, a cotação da moeda americana no fim de 2018 seguiu em R$ 3,30. Há um mês, já estava neste mesmo valor. O câmbio médio de 2018 seguiu em R$ 3,28, ante os mesmos R$ 3,28 anotados um mês atrás. No caso de 2019, a projeção dos economistas do mercado financeiro para o câmbio no fim do ano foi de R$ 3,39 para R$ 3,38 ante R$ 3,40 de quatro semanas atrás. Já a expectativa do Relatório Focus para o câmbio médio seguiu em R$ 3,34 – ante R$ 3,35 previsto há quatro semanas.

A Selic, a taxa básica da economia, para o fim de 2018 e de 2019 aponta mediana das previsões para 6,75% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. Já a projeção para a Selic em 2019 seguiu em 8% ao ano. Há um mês, estava no mesmo nível. No dia 7 de fevereiro, o Comitê de Política Monetária (Copom) cortou a Selic em 0,25 ponto porcentual, de 7% para 6,75% ao ano. Foi o 11º corte consecutivo. O colegiado do BC também sinalizou que o mais provável é que o movimento tenha sido o último do atual ciclo de cortes da taxa básica.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!