Ibovespa encerra em alta de 0,30%, influenciado pelas ações da Petrobras – Jornal do Comércio

O Ibovespa fechou o pregão desta segunda-feira (5), em leve alta, tendo sido bastante influenciado pelo preço do petróleo que impulsionou as ações da Petrobras, mas sem conseguir pegar tração de seus pares em Nova York, que encerraram o dia de negócios subindo mais de 1%. Puxou para baixo a força vendedora de ações das empresas dos setores de carne e de siderurgia – que, em conjunto, têm peso significativo dentro da carteira teórica.

O índice à vista só teve fôlego para galgar os 86 mil pontos na reta final da sessão, terminando aos 86.022,82 pontos (+0,30%). O giro financeiro foi de R$ 10 bilhões. As ações ON e PN da Petrobras disparam e encerraram em alta de 2,85% e 2,84%, respectivamente.

Os papéis da BRF, alvo da nova fase da operação Carne Fraca, deflagrada pela Política Federal hoje, foram penalizados caindo perto de 20%. As ações das outras companhias do setor foram contaminadas, principalmente depois de a Comissão Europeia ter deixada aberta a possibilidade de haver medidas restritivas contra os produtos brasileiros. Isso porque, segundo as investigações, Pedro de Andrade Faria, ex-presidente da BRF, sabia de falsidade ideológica e possíveis problemas sanitários na venda dos produtos. Ele teria omitido dados do Ministério da Agricultura e ordenou ocultação de ilícitos.

Também pesou sobre o índice à vista o conjunto de ações das siderúrgicas, como CSN e Usiminas, que seguiram em queda com os investidores imprimindo sentimento de cautela na semana na qual está sendo esperado o anúncio oficial pelo governo dos Estados Unidos da sobretaxa para a importação de aço e alumínio.

“Essa questão da sobretaxa e a possibilidade de uma guerra comercial continuam fazendo bastante preço hoje, mesmo depois de ter o cenário meio drástico na sexta”, afirma Rodrigo Martins, da AQ3 Asset Management, para quem a cautela está também ligada à incerteza de como e quando essa taxação vai afetar o mercado realmente.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!