Bolsas da Ásia têm forte alta com oposição a sobretaxas de Trump – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas tiveram forte valorização nesta terça-feira (6), recuperando-se de perdas recentes, na esteira do bom desempenho dos mercados acionários de Nova Iorque e em meio a um movimento de oposição aos planos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de sobretaxar importações de aço e alumínio.

Nessa segunda (5), as bolsas americanas subiram entre 1% e 1,4% em Wall Street, interrompendo uma sequência de cinco pregões negativos, após notícias de que integrantes do próprio Partido Republicano de Trump se mostraram contrários à intenção do presidente de adotar tarifas sobre importações de aço e alumínio, de 25% e 10%, respectivamente.

Com isso, diminuíram temores sobre uma eventual escalada no protecionismo comercial, abrindo caminho para que investidores voltassem a buscar ações na Ásia. O mercado de Hong Kong liderou os ganhos na região asiática, com alta de 2,09% do índice Hang Seng, a 30.510,73 pontos, quase que eliminando a queda de 2,28% da sessão anterior.

Em Tóquio, o Nikkei subiu 1,79%, a 21.417,76 pontos, depois de ficar no vermelho nos quatro pregões anteriores. O avanço do índice só não foi maior porque o iene se fortaleceu frente ao dólar após comentários do presidente do Banco do Japão (BoJ), Haruhiko Kuroda.

Na China, onde está em andamento a reunião anual do Congresso Nacional do Povo, evento que costuma gerar cautela, o dia também foi de ganhos. O Xangai Composto teve alta de 1%, a 3.289,64 pontos, enquanto o Shenzhen Composto, formado por empresas de menor valor de mercado, apresentou ganho de 1,17%, a 1.852,22 pontos.

Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi subiu 1,53% em Seul, a 2.411,41 pontos, ajudado por seu maior componente, a Samsung Electronics (+4%), e o Taiex avançou 1,33% em Taiwan, assegurando seu ganho mais acentuado em duas semanas, a 10.784,34 pontos. Já na capital filipina, Manila, o PSEi contrariou a tendência na região e caiu 0,31%, a 8.360,22 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana também superou uma sequência de quatro sessões de perdas e teve hoje sua maior valorização em três semanas. O S&P/ASX 200 avançou 1,14% em Sydney, a 5.962,40 pontos. Na madrugada desta terça, o Banco Central da Austrália (RBA, pela sigla em inglês) decidiu manter sua taxa básica de juros na mínima histórica de 1,5%, nível em que se encontra desde agosto de 2016. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!