Petróleo opera em alta, apoiado por melhora nos mercados acionários – Jornal do Comércio

O petróleo opera com sinal positivo na manhã desta terça-feira (6), beneficiado pelo avanço nas bolsas da Europa e da Ásia. Os fundamentos do próprio mercado de energia, desse modo, continuam a ficar em segundo plano em relação a mudanças nas ações e no câmbio.

Às 8h49min (de Brasília), o petróleo WTI para abril avançava 0,59%, a US$ 62,94 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para maio subia 0,46%, a US$ 65,84 o barril, na ICE.

O mercado acionário tem passado por um período de volatilidade, desde a queda forte do início de fevereiro. O petróleo, nesse contexto, tem acompanhado as mudanças das ações.

“O petróleo e as ações têm sido negociadas muito em linha e basicamente os mercados acionários estão determinando a direção e os padrões de negociação”, afirma Bjarne Schieldrop, analista-chefe de commodities da SEB Markets. Schieldrop disse esperar que, no curto prazo, essa tendência continuará e que a onda de venda de ações ainda não acabou. O petróleo também é apoiado pelo dólar mais fraco em geral nesta terça-feira (6). Como a commodity é cotada nesta moeda, nesse caso fica mais barata para os detentores de outras divisas.

Em relação aos fundamentos, investidores monitoram notícias da conferência semanal CERA, em Houston. Na segunda-feira, o secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Mohammad Barkindo, disse no evento que a coordenação entre o grupo e outros produtores para cortar a oferta “é tão sólida quando a rocha de Gibraltar”. Barkindo disse, porém, que ainda é cedo para dizer se o acordo para reduzir a produção poderia ser estendido para além do fim de 2018. Já o ministro do Petróleo da Nigéria, Emmanuel Ibe Kachikwu, afirmou que é provável uma renovação da iniciativa.

Às 18h30min, o American Petroleum Institute (API) publica seu relatório semanal de estoques de petróleo nos EUA. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!