Atividade do comércio cresce 2% em fevereiro ante janeiro, diz Serasa – Jornal do Comércio

O movimento dos consumidores nas lojas varejistas de todo País cresceu 2% em fevereiro ante janeiro, já descontadas as influências sazonais, de acordo com o indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian. Frente ao mesmo mês de 2017, o avanço foi de 7%. Já no primeiro bimestre, a atividade subiu 6,5% na comparação com igual período do ano passado.

Os economistas da Serasa Experian afirmam que o aumento da massa real de rendimentos e o impulso proporcionado pela expansão do crédito em função da redução da taxa de juros e da melhora da confiança do consumidor, estão estimulando o varejo no início deste ano.

Em fevereiro ante janeiro, a maior expansão foi verificada no segmento de móveis, eletroeletrônicos e informática, com avanço de 5,4%. Outro destaque foi a categoria de material de construção (4,3%). O único setor que apresentou recuo no período foi o de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas, com queda de 0,8%. No bimestre, o melhor desempenho também foi de móveis, eletroeletrônicos e informática (10%). Em segundo lugar, ficou o segmento de veículos, motos e peças, que registrou alta interanual de 3,7%.

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio é construído, exclusivamente, pelo volume de consultas mensais realizadas por estabelecimentos comerciais à base de dados da entidade. As consultas (nas formas de taxas de crescimentos) são tratadas estatisticamente pelo método das médias aparadas com corte de 20% nas extremidades superiores e inferiores.

Com as taxas de crescimento tratadas e ponderadas pelo volume de consultas de cada empresa comercial é construída a série do indicador. A amostra é composta de cerca de 6.000 empresas comerciais e o indicador, com início em janeiro de 2000, é segmentado em seis ramos de atividade comercial.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!