IGP-DI sobe 0,15% em fevereiro, mas acumula queda de 0,19% em 12 meses

Em fevereiro do ano passado, o índice variou 0,06% e acumulou em 12 meses  alta de 5,26%Agência Brasil

O Índice Geral de Preços–Disponibilidade Interna (IGP-DI) teve variação de 0,15% em fevereiro, abaixo da alta de 0,58% de janeiro. Os dados foram divulgados na manhã de hoje (7) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV), que contabiliza uma deflação [queda de preços] acumulada de 0,19% em 12 meses.

Em fevereiro do ano passado, o índice variou 0,06% e acumulou em 12 meses uma alta de 5,26%.

O IGP-DI é composto por três índices, que tiveram variações similares em fevereiro: o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 0,15%, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve alta de 0,17%, e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 0,13%.

O IPA teve a alta puxada pela parte do índice que se refere às matérias-primas brutas (+0,76%) e pelos bens intermediários (+0,25%). Para os bens finais, houve deflação de 0,42%, influenciada principalmente pelo subgrupo combustíveis para o consumo, que caiu 4,36%.

No IPC, o grupo alimentação saiu de uma alta de 1,23% em janeiro para uma queda de 0,29% em fevereiro. Um movimento parecido ocorreu com os grupos educação, vestuário e comunicação. Entre os grupos que tiveram movimento contrário, habitação passou de uma queda de 0,47% para uma alta de 0,19%, com a contribuição da tarifa de eletricidade residencial, que saltou de -4,25% para 0,95%.

No caso do INCC, a variação de 0,13% depois de uma alta de 0,31% em janeiro. A mudança perdeu força com o índice relativo a materiais, equipamentos e serviços, que caiu de uma variação de 0,69% para uma de 0,28. A parte do índice que mede os preços da mão de obra não registrou variação pelo segundo mês.

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!