Projeto de reoneração da folha deve ser votado pela Câmara na próxima semana – Jornal do Comércio

O relator do projeto que trata da reoneração da folha de pagamento, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), disse nesta quarta-feira (7) que a expectativa é de que o texto seja votado no plenário da Câmara dos Deputados na próxima semana. Segundo ele, o requerimento de urgência para votação do projeto pode ser votado ainda nesta semana.

Ele reafirmou que o número de setores a serem reonerados será menor do que o pretendido originalmente pelo governo, mas acenou com o fim da desoneração para todos os setores após um prazo ainda a ser estipulado. “Trabalhamos com a hipótese de um prazo para encerrar a desoneração nos moldes de hoje. Quando foi criada, em 2011, a desoneração era para ser temporária”, disse Silva, após café da manhã na residência do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que contou com as presenças do secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, e do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

A proposta original do governo pretendia reonerar a folha de pagamentos de 50 setores. Mas o relatório de Silva deve manter o benefício para entre 15 e 16 segmentos da economia.

“O governo sabe que o texto original não tem viabilidade de ser aprovado, por isso estabelecemos critérios para manter a desoneração para alguns setores de uso intensivo de mão de obra, participação importante na pauta de exportações ou que enfrentam a competição com importados”, repetiu o deputado.

Questionado sobre o impacto fiscal das alterações no texto, ele disse que o Ministério da Fazenda ficou de elaborar os estudos sobre esses valores. Segundo o deputado, o cálculo pode ficar pronto ainda nesta quarta. “Há uma preocupação fiscal do governo, inclusive para o cumprimento da regra de ouro e do teto de gastos, mas consideramos que, mesmo com as medidas, ainda haverá um impacto relevante em 2018 e ainda mais em 2019”, disse.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!