Mnuchin diz que anúncio de tarifação deve sair nesta quinta-feira – Jornal do Comércio

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse hoje, na TV americana, que o anúncio sobre a tarifação das importações de aço e alumínio deve ser feito amanhã e negou que haja um substituto para o diretor do Conselho Nacional Econômico da Casa Branca, Gary Cohen, que se opunha aos planos de tarifação e renunciou ontem.

De acordo com fontes da Dow Jones, o presidente, Donald Trump, teve assinar um decreto amanhã à tarde, com detalhes sobre seu plano de tarifas, apesar das preocupações de muitos parceiros comerciais e legisladores em Washington.

Mais cedo, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse que pode haver “possíveis isenções” para o México, Canadá e outros países, citando preocupações de segurança nacional. Ela não detalhou quais outros países poderiam ser isentos das tarifas, mas afirmou que isso será avaliado caso a caso.

Hoje, o governo enviou convites para um evento amanhã à tarde, que deve contar com a participação de empresários e trabalhadores da indústria, segundo a Casa Branca.

Opositor dos planos de tarifação de Trump, Gary Cohen renunciou ontem e, segundo Mnuchin, ainda não há substituto para o cargo. “Estamos trabalhando em torno da indicação do vice-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA”, disse o secretário.

Na semana passada, Trump anunciou que pretendia tarifar as importações de aço em 25% e as de alumínio em 10%. A notícia inundou o mercado de preocupações sobre uma possível guerra cambial.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!