Alemanha diz que tarifas dos EUA para aço e alumínio são ‘ilegais’ – Jornal do Comércio

O governo da Alemanha criticou nesta sexta-feira (9), de forma áspera, as tarifas sobre a importação de aço e alumínio oficializadas pelos Estados Unidos e chamou a medida de “ilegal”. “Recebemos essa decisão com preocupação”, disse o porta-voz da chanceler Angela Merkel, Georg Streiter. Ele pontuou que a União Europeia vai se posicionar conjuntamente contra as tarifas. Já o Ministério da Economia alemão afirma que o objetivo do país é evitar o agravamento da situação e uma guerra comercial.

Enquanto isso, a associação da indústria automobilística alemã VDA que a Europa deve ser decisiva, mas equilibrada em reação à decisão protecionista do presidente dos EUA, Donald Trump. O diretor da entidade, Bernhard Mattes, acredita que a Organização Mundial do Comércio (OMC) deva ser a referência para o debate em torno da tarifação.

“De forma a evitar uma espiral de protecionismo, recorremos ao governo alemão e à União Europeia para seguir garantindo o sistema de comércio mundial”, afirmam a Federação de Empregadores BDA, a Federação da Indústria BDI e as Câmaras de Comércio alemãs DIHK em nota conjunta. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!