Cade julga na próxima semana compra da XP pelo Itaú – Jornal do Comércio

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai julgar em sua próxima sessão, dia 14, a operação de compra da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco, anunciada em maio do ano passado pelas empresas por R$ 6,257 bilhões. A pauta da sessão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (9).

A tendência é que o conselheiro relator do caso, Paulo Burnier, vote pela aprovação da operação condicionada à assinatura de um acordo, como recomendou a Superintendência-Geral do conselho em dezembro. Esse acordo prevê o compromisso de não ingerência do Itaú em questões comerciais da XP e a redução de barreiras à entrada e ao desenvolvimento de novos players no segmento de plataformas abertas de investimento, como, por exemplo, proibição de acordos de exclusividade com agentes e clientes.

Também no dia 14 de março, o Cade retomará o julgamento de um processo contra Fiat, Ford e Volkswagen movido pela Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças (Anfape), que acusa as montadoras de conduta anticompetitiva por impedir fabricantes independentes de produzir peças externas para reposição, como para-choques, lataria, faróis e retrovisores.

O processo se arrasta no órgão há dez anos. Em novembro, o relator do assunto, Paulo Burnier, votou pela condenação das montadoras e recomendou a aplicação de multas de R$ 4,2 milhões. Mas o julgamento foi suspenso por um pedido de vista e só voltou à pauta do Cade em 7 de fevereiro, quando houve outro pedido de vista, o que adiou a sua análise mais uma vez. A pauta da sessão do dia 14 ainda inclui a avaliação de um TCC, de acesso restrito. A reunião terá início às 10h.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!