Grupo Boticário compra Vult Cosmética – Jornal do Comércio

O Grupo Boticário confirmou nesta sexta-feira a compra da brasileira Vult Cosmética. Com a aquisição, o Boticário passa a ser o segundo maior grupo de maquiagem do Brasil, com 15,3% de mercado, ultrapassando a Natura e ficando atrás apenas da Avon. Até então, o grupo ocupava o terceiro lugar no mercado (11,3%) e a Vult o sexto (4%), de acordo com dados da Euromonitor. Os valores do negócio não foram divulgados 

O Grupo Boticário controla cinco unidades de negócio: O Boticário, Eudora, quem disse, berenice?, The Beauty Box e Multi B. No ano passado, a empresa registrou alta de 7,5% na receita bruta, chegando a R$ 12,3 bilhões. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ainda precisa aprovar a compra.

O negócio reforça a estratégia do Grupo Boticário, iniciada em 2010, de aumentar o seu alcance no mercado brasileiro de beleza. “A chegada da Vult complementa o nosso portfólio e fortalece o negócio, que é multimarca e multicanal. É uma empresa nacional, empreendedora e inovadora, que conquistou territórios e também ganhou a confiança dos brasileiros”, destacou Artur Grynbaum, presidente do Grupo Boticário, por meio de nota.

A Vult está no mercado desde 2004 e é vendida sobretudo em farmácias e quiosques. Hoje, tem 35 mil pontos de venda. “Ao longo dos anos, a Vult cresceu e se consolidou no mercado de beleza nacional. A nossa união à uma empresa referência e de sucesso como o Grupo Boticário fortalece a marca. Seguiremos na empresa para alavancar nosso crescimento nos próximos anos”, acrescentaram os fundadores da Vult, Murilo Reggiani e Daniela Cruz.

Nos últimos anos o Boticário tem crescido com base em expansão de sua rede e criação de novas marcas e modelo de negócios, como a venda direta. No final de 2017, Grynbaum afirmou que o grupo iria abrir entre 70 a 80 lojas e testar novos modelos de negócios. Uma das grandes apostas da companhia para este ano é a Multi B, que vende produtos das marcas do grupo em farmácias e perfumarias. É justamente esse o modelo de negócio da Vult – que também conta com quiosques em locais com grande circulação de público, como estações do metrô.

Do lado financeiro, a empresa tem garantido o seu crescimento por meio da geração de caixa. Em dezembro, o presidente do grupo descartou planos para abertura de capital do Boticário.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!