Brasil e outros países estudam juntos alternativas à tarifação do aço – Jornal do Comércio

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, voltou nesta segunda-feira (12), a alertar para o risco de uma escalada de retaliações comerciais, que pode ser desencadeada a partir da decisão dos Estados Unidos de sobretaxar em 25% as importações de aço, inclusive do Brasil.

Ele comentou que os americanos ainda estão decidindo qual a extensão e quais países e produtos serão afetados. Por outro lado, os países potencialmente prejudicados estão em contato para, eventualmente, atuar em conjunto.

“Acho que estamos num primeiro momento. Espero muito que os entendimentos frutifiquem, e possamos evitar uma situação de quiproquó”, disse, após reunir-se com o presidente Michel Temer. “Essa escalada é difícil de reverter. Sabemos quando e como começa, mas não sabemos nem como, nem quando consegue cessar esse processo”, afirmou.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!