Dólar cai após dados de inflação não colocarem pressão sobre juros dos EUA – Jornal do Comércio

O dólar passou a cair no mercado à vista e renovou mínima aos R$ 3,2383 (-0,60%) na manhã desta terça-feira (13) após ter começado a sessão com alta leve. O dólar para abril caiu à mínima aos R$ 3,2425 (-0,75%). O recuo é reação à alta do CPI (dado de inflação) norte-americano e de seu núcleo, ambos na comparação anual, pouco abaixo do esperado.

Com isso, se mantém a percepção de que os EUA continuam mostrando bons dados que refletem o crescimento da economia, mas com uma inflação que não coloca pressão no aperto dos juros pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), diz o economista-chefe da Guide Investimentos, Ignácio Crespo.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!