Statoil espera concluir parceria com Petrobras este ano para entrar em Roncador – Jornal do Comércio

A norueguesa Statoil aguarda a aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para começar a trabalhar no campo de Roncador, na Bacia de Campos. A aprovação da sociedade com a Petrobras pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (13). A expectativa da Statoil é que a parceria seja concretizada ainda neste ano, após passar pelo crivo de todos os órgãos reguladores.

A parceria entre as duas empresas foi anunciada no fim do ano passado. Pelo valor total de US$ 2,9 bilhões, a Statoil comprou 25% de Roncador, que continua sendo operado pela Petrobras, dona de 75% do campo. Roncador é o terceiro maior produtor nacional. Com 219 mil barris por dia (bpd), está atrás apenas de Lula e Sapinhoá, num ranking dos 20 maiores produtores de petróleo no País, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A área, porém, está em fase de declínio da produção. Por isso o interesse da Petrobras em firmar parceria com a Statoil, reconhecida por recuperar campos maduros na Noruega. Segundo o presidente da petroleira norueguesa no Brasil, Anders Opedal, o objetivo é aumentar o fator de recuperação do projeto em 5 pontos porcentuais.

Já a área de Carcará, também adquirida da Petrobras, no pré-sal da Bacia de Santos, está em fase de planejamento do desenvolvimento e de definição do desenho do projeto, disse Opedal. A empresa contratou o navio-sonda West Saturn, da Seadrill, para perfurar o bloco BM-S-8, onde está Carcará. No fim deste ano, ou início do ano que vem, a mesma embarcação será deslocada para Carcará Norte, adquirida no segundo leilão de partilha, no ano passado.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!