Eleição pode significar volatilidade, mas é oportunidade, diz Trabuco – Valor

SÃO PAULO  –  As eleições deste ano podem significar volatilidade, mas também são uma oportunidade importante para discutir o modelo de Estado que a sociedade deseja, disse o presidente do conselho de administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco.

Durante entrevista coletiva no Fórum Econômico Mundial, ele afirmou que a questão fundamental nesse pleito é o compromisso do candidato com as reformas estruturais necessárias. “O teto de gastos é muito importante, mas insuficiente se as reformas não forem executadas. O déficit público torna o Estado incapaz de investir no social”, comentou.

Segundo ele, o crescimento do Brasil em 2018 “está contratado”, mas o desafio é o ajuste fiscal a partir de 2019. “Um ajuste estrutural depende da reforma da Previdência. Se isso não for endereçado pelos candidatos, podemos ter uma volta da alta de juros no futuro”, apontou, acrescentando que “governar com base em ideologia não traz eficiência”. Na sua visão, a falta de capacidade do Estado investir faz com que o tema privatização entre na agenda dos candidatos.

Trabuco ainda criticou as recentes medidas de protecionismo adotadas pelos Estados Unidos, afirmando que elas representam a volta de posições “que não fazem o mundo andar para frente”.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!