Petróleo fecha em alta apoiado por expectativas de aumento da demanda – Jornal do Comércio

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta sexta-feira (16) apoiados por expectativas de aumento da demanda, que diminuíram os temores com os efeitos do aumento da produção americana.

Na Nymex, em Nova Iorque, o petróleo WTI para abril fechou em alta de US$ 1,15 (+1,88%), a US$ 62,34 o barril. O WTI para maio fechou em alta de US$ 1,16 (+1,89%), a US$ 62,41 o barril. Já na ICE, em Londres, o Brent também para maio fechou em alta de US$ 1,09 (+1,67%), a US$ 66,21 por barril.

Essa é a terceira sessão seguida de alta do petróleo, mesmo diante do aumento da produção e do número de plataformas em operação nos Estados Unidos. Mais cedo a Baker Hughes informou que o número de poços e plataformas de petróleo em atividade nos EUA avançou 4 na última semana, para 800. Na semana anterior, o número havia recuado justamente 4, o que interrompeu uma sequência de seis aumentos semanais consecutivos.

Ainda assim, os contratos observam ganhos. Ontem, a Agência Internacional de Energia disse que a demanda global de petróleo deve crescer em 1,5 milhão de barris por dia, para uma média de 99,3 milhões de barris por dia em 2048. Antes, o órgão estimava um crescimento de apenas 90 mil barris por dia.

A demanda robusta deve ajudar a compensar o aumento da produção de petróleo de xisto nos Estados Unidos, mantendo o mercado equilibrado neste ano, ainda de acordo com a agência.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!