Conab faz nova rodada de leilões PEP e Pepro de arroz – Jornal do Comércio

Produtores e indústrias da Região Sul que estão com dificuldade para o escoamento de arroz podem participar dos leilões de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) e de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro) realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As próximas operações estão marcadas para o dia 27 deste mês.

No PEP, serão ofertadas 90 mil toneladas, sendo 75 mil toneladas para o Rio Grande do Sul e 15 mil toneladas para Santa Catarina. Já no Pepro, o incentivo será para 15 mil toneladas dos gaúchos e 2 mil toneladas dos catarinenses.

Para participar do leilão de Pepro, agricultores e cooperativas precisam estar cadastrados no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican). Já no caso do PEP, indústrias e comerciantes de cereais, a compra deverá ser efetuada por produtores ou cooperativas cadastrados no Sican.

No último leilão realizado no dia 15, foram negociadas 38 mil toneladas pelo PEP, o que representa 100% do total ofertado. Já no Pepro, a negociação foi de 14,4 mil toneladas das 32 mil toneladas oferecidas. Em todas as três operações realizadas neste ano, a Conab ofertou 540 mil toneladas de arroz, com negociação de 309,2 mil toneladas. O valor do prêmio alcançou mais de R$ 22 milhões.

Os leilões foram autorizados em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 29 de dezembro, e está previsto um valor aproximado de R$ 100 milhões para as operações. O objetivo é garantir a manutenção dos preços mínimos do cereal na Região Sul e cumprir a Política de Garantia de Preços Mínimos do governo federal.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!