Dólar avança ante rivais, com expectativas em torno da reunião do Fed – Jornal do Comércio

O dólar apresentou avanço em relação a outras moedas fortes nesta terça-feira (20) à medida que os investidores continuam na expectativa pela reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), onde podem ser divulgadas novas pistas sobre o ritmo de aperto monetário nos Estados Unidos. Além disso, euro e libra enfrentaram perdas com indicadores abaixo do esperado no Reino Unido e na Alemanha.

No horário de fechamento das bolsas em Nova Iorque, o dólar subia para 106,47 ienes; o euro recuava para US$ 1,2252; e a libra cedia para US$ 1,4003. Já o índice DXY, que mede a moeda americana contra uma cesta de outras seis divisas principais, fechou em alta de 0,68%, para 90,371 pontos.

A expectativa com a reunião do Fed nesta quarta (21) fez com que o dólar apagasse parte das perdas registradas no dia anterior em relação a outras moedas principais. Na primeira reunião com Jerome Powell no comando do banco central, o foco dos investidores estará no gráfico de pontos, que pode indicar qual o ritmo de aperto em solo americano neste ano. Atualmente, o Fed prevê três altas nos juros, mas um ritmo mais acelerado pode ser empregado, como acreditam grandes instituições financeiras, como Goldman Sachs, JPMorgan, Deutsche Bank e Barclays.

Além disso, o dólar foi ajudado por dados mais fracos que o previsto no Reino Unido e Alemanha. Com isso, a divisa dos EUA ganhou a briga na comparação com o euro e a libra esterlina. No início do dia, o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) britânico divulgou que o índice de preços ao consumidor subiu 2,7% na comparação anual de fevereiro, desacelerando em relação ao aumento anual de 3% verificado em janeiro. Já o índice de expectativas econômicas da Alemanha, medido pelo instituto ZEW, despencou de 17,8 em fevereiro para 5,1 em março, em uma queda bastante superior à prevista por analistas (13,0).

Na Chicago Mercantile Exchange (CME), o contrato de bitcoin para março apresentou forte alta e avançou 6,49%, cotado a US$ 8.945,00.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!