Facebook perde quase US$ 50 bilhões em dois dias – Valor

NOVA YORK E SAN FRANCISCO  –  O escândalo de dados do Facebook fez com que as ações da companhia voltassem a cair nesta terça-feira, recuando 2,6%. Somadas as perdas de segunda-feira, a desvalorização da empresa desde que o caso veio à tona no fim de semana é de quase US$ 50 bilhões.

De acordo com a agência de notícias Bloomberg News, esses números fazem com que o diretor executivo e cofundador da rede social, Mark Zuckerberg seja a pessoa que mais perdeu dinheiro no mundo nesses dois dias.

Na segunda-feira, as ações da empresa tinham se desvalorizado em 6,72%, derrubando o valor de mercado do Facebook em US$ 36,7 bilhões. Isso fez com que a fortuna de Zuckerberg ficasse US$ 4,9 bilhões, o que o fez cair para o quinto lugar do ranking de bilionários da Bloomberg. A queda de terça-feira levou embora outros US$ 12,91 bilhões, em um total de US$ 49,61 bilhões em perdas nos dois pregões. 

Escândalo

A rede social está no centro de um escândalo desde que a revelação, no fim de semana, de que a consultoria Cambridge Analytica teve acesso a dados de usuários do Facebook. A companhia de marketing político, que trabalhou na campanha pela eleição do presidente americano Donald Trump, teve acesso a informações de 50 milhões de usuários, como nomes, “curtidas” e outros dados especiais, sem prévio conhecimento. 

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!