Bolsas da Europa fecham em alta, com fôlego conferido por dados da região – Jornal do Comércio

As principais bolsas europeias fecharam em alta nesta terça-feira (20) com o fôlego conferido aos negócios por indicadores econômicos da região, além dos noticiários político e corporativo. Esse conjunto de dados serviu como um contrapeso ao clima de cautela que acomete os principais mercados acionários do mundo na véspera do anúncio do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) sobre juros. O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou a sessão em alta de 0,51%, aos 375,57 pontos.

Em Londres, o índice FTSE 100 fechou o pregão em alta de 0,26%, aos 7.061,27 pontos. Por lá, refletiu positivamente o avanço das negociações do Brexit. Mais cedo, foi divulgada também a informação de que o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) britânico, medido pelo Escritório Nacional de Estatísticas, subiu 2,7% em fevereiro ante igual mês do ano passado, perdendo força em relação ao aumento anual de 3% verificado em janeiro.

Na seara das notícias corporativas, a mineradora anglo-australiana Rio Tinto anunciou plano de compra e resgate de títulos com valor potencial de até US$ 2,25 bilhões para reduzir a dívida bruta. As ações da companhia fecharam o dia em alta de 1,30%.

Entre outros papéis em destaque, os do Royal Bank of Scotland avançaram 2,29% e os do concorrente Lloyds, 1,10%. Já as ações da petroleira BP ganharam 0,90%, em meio à disparada das cotações de petróleo.

Na bolsa de Frankfurt, o DAX 30 encerrou o dia com avanço de 0,74%, para os 12.307,33 pontos. Investidores desse mercado operaram com surpresas positivas. De acordo com o instituto ZEW, o índice de expectativas econômicas da Alemanha caiu 17,8 de fevereiro para 15,1 em março, ante previsão de baixa bem menor, para 13,0.

Assim, o principal índice de Frankfurt foi ajudado por altas de ações como as da Lufthansa (+2,70%), da seguradora Allianz (+1,84%) e da química BASF (+0,99%).

O índice FTSE MIB, da bolsa de Milão, registrou na sessão de hoje uma alta de 0,73%, aos 22.798,15 pontos. Neste mercado, as ações da Fiat Chrysler avançaram 2,46% e as da petroleira ENI, 1,38%, também na esteira dos ganhos do petróleo.

O CAC 40, da bolsa de Paris, teve hoje um ganho de 0,57%, aos 5.252,43 pontos. Em Madri, o Ibex-35 subiu 0,18%, para os 9.681,60 pontos. Já o PSI-20, da bolsa de Lisboa, avançou 0,46%, aos 5.421,36 pontos.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!