Bradespar tem lucro 25 vezes maior no 4º trimestre, de R$ 1,335 bilhão – Jornal do Comércio

A Bradespar registrou lucro de R$ 1,335 bilhão no quarto trimestre de 2017, uma cifra 25 vezes maior que os R$ 53,126 milhões do mesmo intervalo de 2016. A empresa de investimentos em Vale e CPFL Energia encerrou o ano com lucro líquido de R$ 2,33 bilhões, 270% maior que no ano anterior, seu melhor resultado da história, segundo mensagem da administração.

O resultado foi impactado pela venda de 53.464.240 ações da CPFL Energia no valor bruto de R$ 1,48 bilhão. “Ainda assim, descontando esse efeito extraordinário, o resultado antes de IR/CS apresentou crescimento de 69,8% em relação ao ano anterior, reflexo do excelente resultado apresentado pela Vale”, diz o informe.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio (ROAE) alcançou 43,8%.

O resultado da equivalência patrimonial ficou em R$ 183,701 milhões, alta de 105,7% sobre o quarto trimestre de 2016. No exercício de 2017, o crescimento foi de 69,1%, R$ 1,324 bilhão.

A receita operacional, também influenciada por esse fator, saltou 239%, para R$ 2,73 bilhões em 2017. No período de outubro a dezembro atingiu R$ 1,590 bilhão, bem acima dos R$ 100,947 milhões no quarto trimestre de 2016

O resultado financeiro do ano foi negativo, de R$ 99,2 milhões, principalmente devido aos juros das debêntures da Bradespar, como explica o demonstrativo financeiro.

Além dos juros sobre capital já anunciados, de R$ 322 milhões, a serem pagos em 29 de março – R$ 0,738491649 por ON e R$ 0,812340815/PN líquidos, o conselho de administração submeteu nesta terça-feira, 20, para deliberação em Assembleia Geral Ordinária, proposta para remuneração adicional de R$ 433 milhões em dividendos, a serem pagos até o final de maio de 2018. Assim, os proventos a serem pagos em 2018, com base no exercício social de 2017, de R$ 755 milhões, perfazem “o maior volume anual já pago pela Bradespar”, ressalta o documento.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!