Instagram ganha recurso para compras em posts orgânicos – Jornal do Comércio

O Instagram apresentou ontem no Brasil um novo recurso de compras, que permite a perfis comerciais marcar produtos para venda em publicações orgânicas – aquelas que não recebem impulso por dinheiro, o tradicional post pago. A funcionalidade, que já era testada nos EUA desde o ano passado, também estará disponível em outras sete regiões: Austrália, Canadá, França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido.

Segundo o Instagram, cerca de 80% das contas ativas visitam perfis comerciais diariamente. Com a nova ferramenta, os usuários poderão ver mais detalhes de produtos etiquetados nas fotos das lojas que seguem. Ao clicar no produto, o consumidor vê preços e outras informações, e segue para os próximos passos da compra.

O e-commerce tem demonstrado otimismo em 2018. De acordo com o Ebit, empresa referência em informações sobre o setor no Brasil, o comércio on-line deve apresentar um crescimento de aproximadamente 12% em relação a 2017, com faturamento de

R$ 53,5 bilhões.

O movimento da rede social, que pertence ao Facebook, segue a tendência do mercado. Em 2017, 27,3% das compras foram realizadas por meio de smartphones ou tablets, segundo o Ebit. Essa parcela deve apresentar um crescimento robusto, passando a 37% do mercado virtual no fim deste ano.

Atualmente, o setor de moda e acessórios lidera o ranking de comércio on-line no País em volume de pedidos, com 14,2% das vendas, de acordo com o relatório feito pelo Ebit. Na sequência, vêm as categorias de saúde e cosméticos (12%), eletrodomésticos (10,8%), casa e decoração (10,5%), e telefonia (9,2%).

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!