Temer alterou muitos pontos da CLT, afirma Eliseu Padilha – Jornal do Comércio

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse ontem que o presidente Michel Temer conseguiu, “sem estardalhaço” modificar mais de 100 pontos da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Padilha lembrou a aprovação da reforma trabalhista durante reunião do Conselho Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

“Durante 50 anos falou-se em mudanças na CLT e nunca se conseguiu. O presidente Temer, com negociação, sem estardalhaço, conseguiu fazer alteração em mais de 100 pontos da CLT”, afirmou.

Padilha disse ainda que a proposta de debate da reforma de PIS/Cofins está em “avançado estágio de debate”. Segundo ele, o governo apoiou e continua apoiando um amplo debate sobre licenciamento ambiental.

O ministro apresentou um balanço do que foi feito no conselho e disse que 65% das sugestões do órgão foram implementadas pelo governo, o que afirmou ser inédito. Padilha apresentou um leque amplo de “entregas” do governo envolvendo várias pastas, como Educação, Agricultura e Fazenda.

De acordo com o governo, as ações – que já vêm sendo lançadas pelas pastas sem menção ao CDES – foram pedidos do Conselhão atendidos por Temer, incluindo desde programas de agricultura familiar, eSocial para grandes empresas, portal de serviços para o cidadão até a instalação de internet nas escolas.

Entre as ações, o ministro Padilha ressaltou o recorde de regularização fundiária e disse que o governo atual fez mais pela área do que governos passados. Outro destaque foi a criação de um Conselho Nacional de Desburocratização, com 23 comitês permanentes de desburocratização.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!