Embaixador da China nos EUA diz que Pequim não tem medo de guerra comercial – Jornal do Comércio

O embaixador da China em Washington, Cui Tiankai, afirmou que Pequim não hesitará em retaliar se o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seguir adiante com as tarifas propostas contra o país asiático. Em memorando assinado no início da tarde, Trump impôs barreiras em produtos chineses, alegando “roubo” de propriedade intelectual.

Em vídeo divulgado na página do Facebook da embaixada chinesa nos EUA, Tiankai afirma que “não queremos uma guerra comercial com os EUA nem com mais ninguém, mas não temos medo. Se alguém tentar nos impor uma guerra comercial, vamos lutar”. A Casa Branca apontou que as tarifas estariam próximas de US$ 50 bilhões anuais contra a China, enquanto Trump disse que as barreiras poderiam “ser de cerca de US$ 60 bilhões”.

Tiankai comentou que a China irá defender seus interesses e que irá salvaguardar o sistema global de livre comércio. Agências internacionais já apontam que Pequim prepara medidas retaliatórias contra os EUA, enquanto Trump afirmou, anteriormente, que “guerras comerciais são boas e fáceis de vencer”.

“Deixe-me assegurar àquelas pessoas que pretendem lutar uma guerra comercial: nós certamente iremos lutar de volta. Vamos retaliar. Se as pessoas quiserem jogar duro, vamos jogar duro e vamos ver quem vai durar mais”, alertou Tiankai.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!