Intenção de gastos das famílias cresce 1,1% em março – Jornal do Comércio

Em março, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), registrou um aumento de 1,1% em relação ao mês passado e de 12,6%, na comparação anual. No entanto, o resultado permanece abaixo da zona de indiferença dos 100 pontos, em 88 pontos, o que indica uma recuperação lenta do otimismo das famílias.

Todos os subíndices que compõem o ICF registraram melhora. Mesmo assim, a maior parte das famílias (53%) declarou estar com o nível de consumo menor do que no ano passado.

O Nível de Consumo Atual registrou aumento de 0,6%, com o componente Momento para Duráveis avançando 2%. Na comparação com o ano passado, o Nível de Consumo Atual registrou aumento de 23,6%.

Os indicadores ligados a emprego foram os únicos que ficaram acima da zona de indiferença. O componente Emprego Atual registrou 113,5 pontos, com alta de 1% em relação ao mês anterior; e o que mede as perspectivas de mercado de trabalho alcançou 105,6 pontos, com aumento de 0,5% na comparação com fevereiro e 2,6% no comparativo anual.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!