Rio Grande do Sul apresenta saldo de 13.024 empregos criados, segundo o Caged – Jornal do Comércio

O Brasil registrou a criação de 61.188 novas vagas com carteira assinada em fevereiro de 2018, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (23), pelo Ministério do Trabalho. O resultado é o melhor para o mês desde 2014, quando foram criadas 260.823 vagas. Em fevereiro de 2017, foram criados 35.612 postos de trabalho.

O Rio Grande do Sul foi o responsável pela criação de 13.024 vagas, o que representa 21,28% do total nacional. No período foram admitidos 101.843 contra 88.819 desligados. Uma variação relativa de 0,51%. O resultado também apresenta um melhor desempenho em relação ao período de fevereiro de 2017, com um aumento de 22,84%. O Estado foi um dos melhores ranqueados. Os gaúchos ocupam a terceira colocação, ficando atrás de São Paulo (+30.040) e Santa Catarina (+16.344).

O setor de indústria de transformação foi o que melhor desempenho demonstrou, com o alcance de 9.836 postos de trabalho criados. O setor foi seguido por serviços (2.830) e a agropecuária (1.688). Do lado oposto, o comércio registrou 2.456 demissões. Outro que teve perda foi a extrativa mineral com saldo negativo de 24.

Caxias do Sul foi a primeira colocada no critério de saldo. A cidade da Serra Gaúcha registrou 1.959 admissões a mais que demissões. Diferente de Capão da Canoa, que perdeu 1.016 postos.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!