Total inaugura geração de caixa no Brasil com 690 mil barris do pré-sal de Santos – Jornal do Comércio

A Total E&P do Brasil informou nesta sexta-feira que concluiu nos dias 20 e 21 de março os primeiros carregamentos de petróleo das suas principais operações no País, provenientes dos campos de Lapa e Melro, ambos no pré-sal da bacia de Santos. Ao todo foram 940 mil barris de petróleo, sendo 690 mil de Lapa e 250 mil de Melro, que marcam o início da geração de caixa no País, informou a empresa em nota.

O consórcio de Lapa é operado pela Total (35%), em parceria com a Shell (30%), Repsol Sinopec (25%) e Petrobras (10%), enquanto o consórcio de Libra é liderado pela Petrobras (40%), em parceria com a Total (20%), Shell (20%), CNOOC Limited (10%) e CNPC (10%), tendo a Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA) como gestora do contrato de partilha da produção.

A Total assumiu em janeiro deste ano a operação de Lapa, tornando-se a primeira empresa internacional a operar um campo em produção no pré-sal brasileiro.

“A conclusão das operações é um importante passo para a Total no Brasil, pois marca o início da geração de caixa dos ativos. A produção de petróleo no Brasil passa a contribuir de forma significativa para o crescimento de longo prazo da produção do Grupo Total”, afirmou a empresa.

Segundo a Total, o Brasil é uma região chave para a estratégia global de crescimento do grupo. A empresa está no Brasil há mais de 40 anos e tem subsidiárias nos setores de Exploração & Produção, Marketing & Serviços, Refino & Químicos e Gas, Renewables & Power. No Brasil, a Total tem 3 mil funcionários, cerca de 3% do empregados da companhia no mundo.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!