China pede cautela à União Europeia em investigações sobre exportações de aço – Jornal do Comércio

O Ministério do Comércio da China advertiu a União Europeia para que não recorra a medidas protecionistas. O governo de Pequim disse ter a intenção de trocar informações e cooperar com o bloco para lidar com o caos causado pelas tarifas dos Estados Unidos sobre as importações de aço e alumínio.

A resposta da China veio pouco após a UE reagir às tarifas dos EUA com o lançamento de sua própria investigação sobre o aço importado. “Não é uma escolha correta adotar medidas de protecionismo comercial globalmente”, afirmou Wang Hejun, do Ministério do Comércio. Segundo ele, isso iria apenas piorar o problema causado pela ação americana. Pequim agirá, se necessário, para salvaguardar os interesses das empresas locais, acrescentou Wang. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!