Dólar recua com alívio externo em meio a conversas entre EUA e China – Jornal do Comércio

O dólar ante o real recua na manhã desta segunda-feira (26) em meio ao alívio nos mercados internacionais após a retomada das conversas entre Estados Unidos e China no fim de semana. O diálogo nutre esperanças entre investidores de que as duas maiores potências econômicas mundiais podem chegar a um acordo, evitando uma guerra comercial.

Lá fora, a moeda norte-americana se ajusta em baixa em relação a divisas principais e a maioria das moedas ligadas a commodities, que se beneficiam da perspectiva de eventual acordo comercial entre EUA e China. Nesta semana de definição da última taxa Ptax de março na quinta-feira e de feriado da Páscoa, na Sexta-feira Santa, o mercado de câmbio também poderá ficar mais volátil. Nesta segunda (26), haverá no fim da manhã mais um leilão de rolagem do vencimento de swap cambial de abril, com oferta de até 14 mil contratos, equivalentes a até US$ 700 milhões (11h30min).

Estará no radar também, a partir das 13h30min, a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que vai analisar o recurso da defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva sobre a condenação a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá.

Mesmo que seja mantida a condenação, o ex-presidente não poderá ser preso, porque obteve imunidade concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) até 4 de abril, quando será retomado o julgamento do mérito do habeas corpus pedido pela defesa de Lula.

Às 9h30min, o dólar à vista caía 0,41%, aos R$ 3,3027. O dólar futuro para abril recuava 0,33%, aos R$ 3,3020.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!