Bolsas da Europa fecham em alta forte com menor tensão entre EUA e China – Jornal do Comércio

As bolsas europeias fecharam em alta robusta no pregão desta terça-feira, contagiadas pelos fortes ganhos alcançados na véspera em Wall Street na esteira do diálogo iniciado entre os Estados Unidos e a China com o intuito de ampliar o acesso dos americanos aos mercados financeiros chineses. No noticiário corporativo, anúncios do conglomerado varejista francês Casino Guichard-Perrachon e da farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) fizeram as ações dessas empresas dispararem.

O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o dia com avanço de 1,21%, aos 367,57 pontos. Entre os subíndices, destacaram-se os de tecnologia (+1,92%), saúde (+1,82%) e indústria química (+1,78%).

O alívio de tensões comerciais foi reforçado com manifestações feitas pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, e pelo assessor comercial da Casa Branca Peter Navarro, sobre o desejo de que China e EUA continuem negociando. Assim, ficou em segundo plano o resultado do índice de sentimento econômico da zona do euro, que caiu de 114,2 em fevereiro para 112,6 em março, bem abaixo da expectativa de analistas.

Na Bolsa de Londres, o FTSE-100 fechou em alta de 1,62%, aos 7.000,14 pontos. Entre as ações de destaque, as da GSK avançaram 4,88% com o anúncio de que a companhia britânica comprará a fatia da farmacêutica suíça Novartis na parceria das empresas na área de cuidados de saúde. Já os papéis da fornecedora de materiais de construção Ferguson dispararam 6,70% com o anúncio do pagamento de US$ 1 bilhão em dividendos especiais e de bons resultados financeiros.

O índice CAC-40, o principal da Bolsa de Paris, chegou a uma alta de 0,98% ao fim do pregão, para os 5.115,74 pontos. O destaque local ficou com as ações do Casino (+3,75%), após a varejista anunciar que sua bandeira Monoprix fechou parceria com a Amazon.

Em Frankfurt, o DAX 30 encerrou o dia com avanço de 1,56%, para os 11.970,83 pontos. O alívio de tensões envolvendo a China ajudou as ações da empresa de software SAP (+2,17%) e da siderúrgica Thyssenkrupp (+2,09%).

O FTSE MIB, da Bolsa de Milão, teve ganho de 0,90%, para os 22.209,75 pontos. Na contramão dos preços de petróleo, as ações da petrolífera ENI subiram 1,01%, enquanto os papéis da Fiat Chrysler avançaram 1,67%.

Na Bolsa de Madri, o Ibex-35 fechou em alta de 0,99%, aos 9.473,60 pontos. Já o PSI-20 subiu 1,04%, para os 5.375,28 pontos. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!