Investimentos no setor de tecnologia aumentam 4,5% em 2017 no Brasil |

ibge

O país está na nona posição no ranking global de investimentos no setor, com aporte de US$ 38 bilhões no ano passadoAgência Brasil/EBC

O mercado de Tecnologia da Informação (TI, composto de hardwares, softwares e serviços) no Brasil cresceu 4,5% em 2017. O país está na nona posição no ranking global de investimentos no setor, com aporte de US$ 38 bilhões no ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), do estudo anual do setor realizado em conjunto com a consultoria IDC.

No ranking mundial, o Brasil fica atrás de Estados Unidos (US$ 751 bilhões), China (US$ 244 bilhões), Japão (US$ 139 bilhões), Reino Unido, Alemanha, França, Canadá e Índia. No total, foram US$ 2,07 trilhões em investimentos em TI no último ano.

De acordo com a Abes, na América Latina, o Brasil está no topo da lista de investidores, seguido por México (US$ 20,6 bi), Argentina (US$ 8,4 bi) e Colômbia (US$ 7 bi). O país foi responsável 39,1% do total de investimentos da região, que foi de US$ 97,3 bilhões.

Para a associação, os resultados mostram a retomada do espaço perdido nos últimos anos e um maior grau de maturidade nos investimentos em tecnologia, com ampliação da participação dos investimentos em software e serviços nos investimentos totais em TI.

Telecomunicações

Já os investimentos em TIC, que engloba TI mais o setor de telecomunicações, somaram mundialmente US$ 3,55 trilhões em 2017, sendo US$ 105 bilhões somente no Brasil, o que, segundo a Abes, garantiu o sexto lugar no ranking geral, recuperando uma posição em relação ao ano anterior.

Para 2018, a expectativa da Abes é de mais recuperação, com mais oportunidades no segundo semestre e crescimento anual de 4,1% no segmento de TI.

Edição: Lidia Neves

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!