Petróleo fecha em queda com possibilidade de aumento dos estoques dos EUA – Jornal do Comércio

Os preços do petróleo fecharam em baixa na sessão desta terça-feira (27) sob pressão da expectativa de que o relatório do Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE, na sigla em inglês) aponte amanhã uma alta semanal dos estoques da commodity no país.

Analistas ouvidos pela S&P Global Platts esperam que o DoE aponte uma elevação de 1 milhão de barris nos estoques americanos de petróleo na semana encerrada em 23 de março. O órgão do governo dos EUA relatou avanço da contagem em três das últimas quatro semanas.

Relatos sobre conversas entre a Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a Rússia para estender o atual acordo de cortes de produção, contudo, ofereceram algum suporte e contiveram as quedas do preço da commodity.

Também segue no radar dos investidores a postura de Washington em relação ao Irã. Uma atitude mais agressiva e interventora “claramente” aumentaria a probabilidade “de interrupções no comércio de petróleo e, com elas, viriam riscos de alta para os preços” da commodity no curto prazo, de acordo com o chefe de pesquisa para o Oriente Médio no Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, Ehsan Khoman.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para maio fechou a US$ 65,25 por barril. Na Intercontinental Exchange (ICE), em Londres, o Brent para junho recuou a US$ 69,46 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!