Petróleo opera em baixa, diante de aumento nos estoques dos EUA – Jornal do Comércio

O petróleo opera em queda na manhã desta quarta-feira (28). O relatório de ontem do American Petroleum Institute (API) mostrou aumento de 5,3 milhões de barris nos estoques dos Estados Unidos na última semana, o que contrariou previsão de queda de 1,6 milhão dos analistas e leva ao recuo nos contratos. Hoje, às 11h30min (de Brasília), o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) divulga o dado oficial. O dólar mais forte também pressiona esse mercado.

Às 8h25min (de Brasília), o petróleo WTI para maio caía 0,70%, a US$ 64,79 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para junho recuava 0,48%, a US$ 69,13 o barril, na ICE.

No relatório oficial do DoE, analistas esperam que tenha havido um aumento de 1,4 milhão de barris nos estoques de petróleo, na última semana. No câmbio, o dólar está um pouco mais forte, nesta manhã. Isso torna a commodity mais cara para os detentores de outras moedas e afeta a demanda.

Nas últimas duas semanas, os contratos foram apoiados por tensões geopolíticas e pela queda nos estoques fora dos EUA. Na semana passada, o Brent fechou acima de US$ 70 o barril pela primeira vez desde o fim de janeiro, atingindo a máxima em três anos.

Os dados do DoE, porém, podem mostrar mais uma alta na produção petrolífera americana, o que deve fazer prosseguir a correção nos preços, segundo analistas do Commerzbank. Por outro lado, a Arábia Saudita tem reiterado publicamente seu compromisso em segurar a produção, o que deve ajudar os preços a ter um suporte, podendo inclusive subir no curto prazo, na avaliação de Giovanni Staunovo, analista de commodities do UBS Wealth Management. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!