Novos softwares contribuem para preservação ambiental no Brasil – Jornal do Comércio

A plataforma virtual ABC – Agricultura de Baixo Carbono -, que monitora as emissões de gases de efeito estufa -, e a plataforma Webambiente, com soluções tecnológicas e serviços para fazer cumprir o Código Florestal brasileiro foram lançadas nesta quarta-feira em Brasília, pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e pelo presidente da Confederação de Agricultura e Pecuária (CNA), João Martins. As duas ferramentas foram desenvolvidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério do Meio Ambiente.

A Plataforma ABC é uma ferramenta digital a ser utilizada na execução da Política Nacional sobre Mudanças do Clima (PNMC) e do Plano Setorial para Consolidação de uma economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (Plano ABC), lançado em 2010. Já a Plataforma WebAmbiente, via internet, agrega informações sobre os biomas brasileiros classificados em módulos de cadastro de áreas, diagnóstico interativo, espécies nativas indicadas e seu potencial econômico, técnicas e modelos disponíveis (viveiros, mudas, cursos) análise de custos e biblioteca digital.

As duas plataformas são consideradas fundamentais para viabilizar o Plano ABC e o Novo Código Florestal, assim como cumprir os compromissos assumidos na 15ª Conferência das Partes (COP-15), realizada em dezembro de 2009, em Copenhague, e, posteriormente, na 21ª Conferência do Clima (COP-21), em dezembro de 2015, em Paris.

O presidente da Embrapa, Maurício Lopes, explicou que não se faz pesquisa in loco nas propriedades rurais de um país gigantesco como o Brasil, já que existem métodos científicos por amostragem que podem modelar e calcular os impactos do Plano ABC.

A plataforma Webambiente já está acessível nos sites do Ministério do Meio Ambiente e da Embrapa. O sistema serve para apoiar o produtor na recomposição e recuperação de locais degradados de reserva legal e de Área de Proteção Permanente (APP).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!