Bolsas de Nova York sobem no dia, mas variação no trimestre é negativa – Valor

SÃO PAULO  –  As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira com a forte recuperação das companhias de tecnologia. Apesar do ganho hoje, os índices Dow Jones e S&P 500 não escaparam de acumular uma baixa trimestral, a primeira em nove trimestres.

Os três primeiros meses do ano foram marcados pela volta da volatilidade aos mercados. O mês de janeiro foi extremamente positivo para as bolsas americanas, mas foi seguido por forte correção em fevereiro e turbulências nas últimas semanas, com pressão do setor de tecnologia, que liderou os ganhos no ano passado.

A maré pessimista deste mês começou com o escândalo de violação de privacidade pelo Facebook, que estendeu um sinal negativo por todo o segmento. Mais recentemente, a Amazon tem sido penalizada em meio às ameaças do presidente americano, Donald Trump, de aplicar sanções à empresa. A Tesla, envolvida em investigação após acidente de um de seus carros elétricos, também tem sido impactada nas últimas sessões.

Hoje, o segmento tecnológico subiu 2%, com os investidores aparentando tomar vantagem das baixas recentes de diversas companhias. Os papéis de Amazon, Facebook, Alphabet e Nvidia subiram 1,11%, 4,42%, 2,71% e 4,63%

Os temores de uma guerra comercial também trouxeram instabilidade aos mercados este mês. Trump anunciou sobretaxas para as importações de aço e alumínio e agora considera aplicar sanções extras à China.

No fechamento de hoje, o Dow Jones subiu 1,07%, aos 24.103,11 pontos, o S&P 500 avançou 1,38%, aos 2.640,87 pontos, e o Nasdaq registrou alta de 1,64%, aos 7.063,44 pontos.

No acumulado no trimestre, Dow Jones e S&P 500 caíram, respectivamente, 2,5% e 1,2%. O Nasdaq conseguiu manter alta de 2,3% no período, mas foi a mais fraca desde o fim de 2016.

O S&P 500 registrou 11 sessões de queda de ao menos 1% neste ano e está 8% abaixo de seu nível recorde, registrado em 26 de janeiro deste ano – o Dow Jones está cerca de 9% abaixo do pico.

Na Europa, os índices de ações da Europa fecharam em alta. O índice FTSE 100, de Londres, subiu 0,17%, a 7.056,61 pontos, enquanto o DAX, de Frankfurt, avançou 1,31%, a 12.096,73 pontos, e o CAC 40, de Paris, ganhou 0,72%, a 5.167,30 pontos. O pan-europeu Stoxx 600 teve ganho de cerca de 0,4% na sessão, a 370,9 pontos.

Na renda fixa, os juros das T-notes de 10 anos caíram a 2,741%, frente a 2,777% do fim do dia anterior, o menor nível desde o fim de janeiro. O yield se move na direção contrária ao preço do título. O movimento de hoje refletiu dados econômicos mistos que embaralharam as expectativa sobre inflação.

Entre as commodities, os preços do petróleo caíram, marcando um recuo semanal, massem anular o terceiro ganho trimestral seguido. Preocupações geopolíticas e o otimismo quanto aos esforços da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em conter a produção da commodity limitaram os movimentos nesta sessão antes do feriado de Páscoa.

Os contratos do Brent para junho fecharam em alta de 1,1%, a US$ 70,27 por barril, na ICE, em Londres, enquanto os do WTI para maio subiram 0,9%, a US$ 64,94 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). No trimestre, os ganhos foram de 6,3% e 7,7%, respectivamente.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!