Juros encerram sessão regular em leve alta com cautela externa e doméstica – Jornal do Comércio

Os juros futuros encerraram a sessão regular desta segunda-feira com viés de alta nos contratos principais, sendo que os vencimentos mais longos registraram avanço um pouco mais acentuado. Segundo profissionais da renda fixa, o dia é de cautela no segmento.

O noticiário político doméstico conturbado e as preocupações com a cena externa elevaram a tensão no mercado. A incerteza sobre o resultado do julgamento na quarta-feira do habeas corpus, pedido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preocupa o investidor, que ainda espera os desdobramentos da operação que levou à prisão temporária amigos do presidente Michel Temer (MDB).

O noticiário internacional, em que a revanche da China contra os ataques do presidente americano Donald Trump foi o destaque do dia, completam a cena e aumentam o receio do investidor de manter posição de maior risco.

O DI para janeiro de 2019 fechou a 6,225% ante 6,219% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2020 encerrou a 7,070% ante 7,031% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2021 fechou a 8,030% ante 7,962% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2023 encerrou a 9,00% ante 8,962% no ajuste de quinta-feira.

Como ressaltou o estrategista de renda fixa da Coinvalores, Paulo Nepomuceno, a expectativa de inflação controlada e de Selic baixa contribui para que a alta dos juros seja limitada. “Por muito menos em termos de acontecimentos políticos e externos, os juros já subiram muito mais”, diz o estrategista.

Vale destacar que, mais uma vez, a projeção mediana para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi reduzida na edição desta segunda-feira do Relatório de Mercado Focus (de 3,57% para 3,54%).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!