Trabuco aponta aumento da demanda por crédito nos últimos meses – Valor

SÃO PAULO  –  A recuperação da economia neste ano é clara e deverá resultar em aumento do crédito para capital de giro, afirmou o presidente do conselho de administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco.

“Um PIB crescendo ao redor de 3% fará com que haja uma demanda de crédito, principalmente de capital de giro”, disse, lembrando que a recessão provocou uma capacidade ociosa na economia muito grande. “As empresas, ao reduzir capacidade ociosa, precisam de empréstimos”, acrescentou.

Trabuco ressaltou que já se nota um aumento da demanda por crédito nos últimos três meses, mas principalmente em março. “Isso significa que a economia voltou a funcionar”, avalia. Segundo ele, no crédito imobiliário, a melhora também já é percebida.

Para Trabuco, porém, para transformar a recuperação atual em algo estrutural, é preciso equacionar a questão do déficit público.

Ainda conforme o executivo, a queda dos spreads está “contratada” e juros menores aos tomadores são apenas uma questão de tempo. “A curva da redução da taxa de juros é um fato, mas não podemos pegar simplesmente de alguns produtos, temos de pegar o mix”, afirmou a jornalistas, após evento em São Paulo.

Segundo ele, a “correia de transmissão” da queda de juros está contratada. “Com a taxa de juros [Selic] chegando ao menor patamar, ela vai bater no juros do consumidor final, é uma questão de tempo”, afirmou.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!