Dólar recupera terreno ante iene, em linha com alta das bolsas de Nova Iorque – Jornal do Comércio

O dólar se recuperou das perdas da manhã ante moedas mais seguras e chegou ao final da tarde desta quarta-feira (4) em alta ante o iene e o franco suíço, em linha com a recuperação do ímpeto dos ativos de risco.

No final da tarde em Nova Iorque, o dólar subia de 106,62 ienes ontem para 106,81 ienes hoje e avançava de 0,9595 franco suíço para 0,9607 franco suíço.

Permearam as negociações durante todo o dia o impasse comercial entre EUA e China. Ainda na madrugada, a China retaliou os EUA com a tarifação de importação de mais de cem produtos americanos, em reciprocidade à barreira a 1.333 bens industriais chineses.

No entanto, ao longo do dia, houve uma retomada lenta e gradual do humor com ativos de risco, levando à venda de moedas de segurança. O otimismo dos investidores foi na linha do que disse ainda pela manhã o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross.

“Não seria surpresa nenhuma que o resultado disso tudo seja algum tipo de negociação. É muito difícil estabelecer um tempo específico nas negociações”, afirmou o secretário em entrevista.

Nos demais pares de moedas fortes, houve pouca mudança de posições. O euro subiu de US$ 1,2268 para US$ 1,2277 e a libra passou de US$ 1,4056 para US$ 1,4080.

Em relatório, a diretora-gerente da BK Asset Management, Kathy Lien, destacou que as moedas europeias “podem esperar até a divulgação dos números de emprego, na sexta-feira, para mostrar uma consolidação mais firme ante o dólar”.

O payroll será conhecido na sexta-feira, às 9h30. Uma prévia do indicador, apontada pelo relatório da ADP informou que, no setor privado, houve a criação de 241 mil novas vagas, acima dos 200 mil estimados por analistas ouvidos pela Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!