Fluxo cambial fica negativo em US$ 3,9 bi em março – Valor

SÃO PAULO  –  O Brasil registrou em março saídas líquidas de US$ 3,94 bilhões, segundo dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira e referentes ao registro de câmbio contratado. Com isso, o país amarga o segundo mês consecutivo de fluxo cambial negativo, com o maior déficit para um mês desde dezembro do ano passado.

O saldo não foi ainda pior porque na semana passada houve entrada líquida de US$ 689 milhões. O resultado foi puxado pela conta comercial (+US$ 1,818 bilhão), enquanto as operações financeiras tiveram déficit de US$ 1,129 bilhão na semana passada.

A conta financeira, aliás, foi a responsável pelo fluxo negativo de março, quando registrou saída líquida de US$ 10,472 bilhões, a mais intensa para um mês desde dezembro passado (-US$ 15,604 bilhões).

Já a diferença entre o câmbio contratado para exportação e importação foi superavitária em US$ 6,532 bilhões ao longo de março.

No acumulado do primeiro trimestre, o fluxo cambial total ainda é positivo em US$ 2,669 bilhões, resultado de ingressos líquidos de US$ 12,430 bilhões nas operações comerciais e déficit de US$ 9,761 bilhões do lado financeiro.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!