A convite de Goldfajn, Meirelles e equipe almoçam no BC em tom de despedida – Jornal do Comércio

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participou ontem de um grande almoço no Banco Central (BC) que teve tom de despedida. A poucas horas de o ministro deixar o cargo na sexta-feira, o encontro contou com a presença do presidente do BC, Ilan Goldfajn, e todos os diretores da autoridade monetária e secretários da Fazenda.

No encontro, o ministro e o presidente do BC fizeram um balanço das políticas econômicas e avanços em quase dois anos da atual equipe do Ministério da Fazenda e do BC sob a presidência de Michel Temer. Nesse período, a economia brasileira deixou a pior recessão em décadas, a inflação caiu para patamar abaixo do piso da meta e o juro básico caiu para o menor patamar da história.

Desde quando ambos chegaram aos principais postos da equipe econômica, Meirelles e Ilan mantiveram relação amigável, inclusive com a nova tradição de almoços semanais às quartas-feiras.

O encontro desta semana foi uma iniciativa do presidente do BC, que convidou Meirelles e toda a equipe para o almoço na sede da autoridade monetária que teve, entre as opções, panqueca e filé à milanesa. Ilan também fez o convite amplo e todos os diretores o acompanharam. A grande ausência foi do secretário de acompanhamento fiscal, energia e loteria, Mansueto de Almeida, que tinha agenda em São Paulo e não compareceu.

Na terça-feira 3, durante a cerimônia de filiação de Meirelles ao MDB, o ainda ministro disse inicialmente que a decisão de deixar o cargo seria tomada nos “próximos dois dias”, mas depois, diante a insistência dos repórteres, admitiu: “Devo ficar até a sexta-feira, essa é a data definida”.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!