Ouro fecha em baixa com otimismo sobre resolução negociada entre EUA e China – Jornal do Comércio

O ouro fechou em baixa na sessão desta quinta-feira (5), pressionado por uma retomada do apetite ao risco a partir do otimismo com uma resolução negociada entre os Estados Unidos e a China e, também, por uma forte alta do dólar ante moedas principais. Na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato futuro de ouro para junho encerrou com queda de US$ 11,70 (-0,87%), a US$ 1.328,50 a onça-troy.

A perspectiva de que a disputa tarifária entre Washington e Pequim terminará em uma solução negociada, ao invés de em guerra comercial, tende a levar investidores para posições em ativos considerados arriscados, como ações. Este cenário desfavorece o metal amarelo, que é visto como um ativo de segurança. Já a valorização do dólar torna o ouro, cotado na moeda americana, mais caro para detentores de outras divisas.

O analista financeiro da Sunshine Profits Przemyslaw Radomski afirma que as variações recentes da cotação do metal amarelo, sem reagir como esperado a fundamentos favoráveis, estão “gritando” que o próximo movimento dos preços é um “declínio considerável”. “O tempo para realizar lucros ou já acabou ou está prestes a acabar”, escreve Radomski, em análise.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!