Participação governamental em petróleo e gás chegou a R$ 40 bilhões em 2017 – Jornal do Comércio

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, informou nesta quinta-feira (5), por meio do Twitter, que as participações governamentais do setor de petróleo e gás natural atingiram R$ 40 bilhões no ano passado, contra R$ 27,9 bilhões em 2016. A grande diferença foram os bônus de assinatura obtidos nos leilões de 2017, e que não ocorreram no ano anterior, informou.

De acordo com Oddone, no final da próxima década o governo brasileiro deverá estar arrecadando R$ 100 bilhões por ano em royalties, participações especiais, bônus de assinaturas dos leilões e por retenção de área.

Desde que foram iniciados os leilões de petróleo, em 1999, a melhor arrecadação para o governo se deu em 2013, durante o governo de Dilma Rousseff, pela realização do primeiro leilão do pré-sal brasileiro, do campo de Libra. Naquele ano, as participações governamentais atingiram R$ 49,6 bilhões, valor também impulsionado pelo bônus de assinatura pagos no certame.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!