Fitch projeta alta de 2,6% no PIB da América Latina em 2018 – Jornal do Comércio

A recuperação das commodities e a maior demanda externa e interna vão fazer com que a América Latina tenha uma recuperação cíclica modesta em 2018. A avaliação é da agência de classificação de risco Fitch, que projeta expansão do Produto Interno Bruto (PIB) da região de 2,6% este ano, excluindo-se o desempenho da Venezuela. Em 2017, o crescimento foi de 1,7%.

Em relatório publicado nesta segunda-feira, a agência de classificação de risco alertou que o peso da dívida pública continua crescendo em muitos países da região. “O risco de piora econômica na América Latina continua devido à carência de medidas fiscais”, disse a agência.

Ao comentar as perspectivas para 2018, a Fitch informou que vai monitorar as eleições no Brasil, Colômbia, México, Paraguai e Venezuela. “O baixo crescimento, a corrupção e os gargalos na legislação frustram os eleitores da América Latina. Como resultado, políticos antissistema têm tido desempenho bem em pesquisas em alguns países, como o México e o Brasil”, afirmou a Fitch.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!