Marfrig assume controle acionário da norte-americana National Beef – Jornal do Comércio

A Marfrig Global Foods anunciou nesta segunda-feira (9) que chegou a um acordo para a aquisição de 51% das ações da National Beef Packing Company, LLC, quarta maior processadora de carne bovina dos Estados Unidos. A Marfrig pagará US$ 969 milhões pela participação e diz que, concluída a transação, passará a ter um faturamento consolidado de R$ 43 bilhões de reais.

Fundada em 1992, a National Beef faturou R$ 24,3 bilhões no ano passado e é, desde 2011, controlada pela holding de investimentos americana Leucadia National Corporation. A empresa tem capacidade de abate de 12.000 cabeças de gado ao dia, é sediada em Kansas City, no Estado do Missouri, e possui duas unidades de processamento em Dodge City e Liberal, no Kansas, que respondem por cerca de 13% da capacidade total de abate do mercado americano.

Após a conclusão da operação, a Leucadia transferirá o controle acionário para a Marfrig e se manterá como acionista minoritário da empresa, com uma fatia de 31% do capital total, diz a empresa em comunicado.

A US Premium Beef, associação de produtores americanos, ficará com 15% e outros acionistas com os 3% restantes. Tanto a Leucadia quanto os demais investidores se comprometeram a manter suas ações da National Beef por um período mínimo de cinco anos.

A National Beef exporta para 40 países, incluindo o Japão e a Coreia do Sul. “Com a transação, teremos operações nos dois maiores mercados de carne bovina do mundo, chegaremos a países consumidores extremamente sofisticados e conseguimos crescer mantendo uma rigorosa disciplina financeira.”, diz Martín Secco, CEO da Marfrig.

Com a transação, a Marfrig afirma que passará a consolidar em seu balanço 100% dos resultados da National Beef e com isso reduzirá sua alavancagem. No ano passado, a dívida total da Marfrig representava 4,55 vezes seu Ebitda. Com a aquisição, o indicador cai para 3,35 vezes, segundo a empresa. A transação será integralmente financiada por um empréstimo do banco Rabobank.

Na nota divulgada nesta segunda, a Marfrig diz ainda que segue em curso a decisão de vender a Keystone Foods, sua subsidiária nos Estados Unidos, para também reduzir a alavancagem. “A venda da Keystone, juntamente com a transação da National Beef, deverá fazer com que a Marfrig atinja seu objetivo de alavancagem de 2,5 vezes até o fim de 2018”, diz a empresa em nota.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!