Com queda do dólar, juros futuros fecham perto dos ajustes de segunda-feira – Jornal do Comércio

os juros futuros encerraram a sessão regular desta terça-feira (10) perto dos ajustes de segunda-feira (9). No caso dos contratos curtos e intermediários, as taxas repetiram os valores observados no fim do turno regular na segunda-feira. Os vencimentos mais longos fecharam com leve viés de alta.

A desaceleração da alta das taxas no turno da tarde foi motivada pela virada no câmbio, onde o dólar passou a cair em relação ao real. O enfraquecimento da moeda americana no mercado doméstico acompanhou o comportamento da divisa americana ante todas as principais moedas emergentes e ligadas a commodities. Entre essas, as únicas exceções foram a relação da moeda dos EUA com o rublo russo e com a lira turca. O fortalecimento do petróleo nos mercados futuros de NY (Nymex) e de Londres (ICE) influenciou o comportamento da divisa americana.

Assim, o DI para janeiro de 2019 encerrou a sessão regular a 6,275% ante 6,274% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2020 encerrou a 7,09% ante 7,10% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2021 encerrou a 8,13%, mesma taxa do ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2023 encerrou a 9,21% ante 9,19% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2025 encerrou a 9,73% ante 9,70% no ajuste de ontem.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!