Brasil tem na 1ª semana de abril maior entrada de dólares em 3 meses – Valor

SÃO PAULO  –  Abril começou com a maior entrada de dólares ao país em três meses. Apenas entre os dias 2 e 6, o fluxo cambial foi positivo em US$ 2,693 bilhões. A conta financeira foi o destaque. Após 11 semanas no vermelho, registrou superávit de US$ 1,220 bilhão, o maior desde também o fim de janeiro.

Já as operações comerciais (câmbio para exportação menos importação) tiveram ingresso líquido de dólares no montante de US$ 1,475 bilhão – o menor desde meados de março.

A contratação de câmbio para exportação caiu 22% ante a semana anterior. A baixa ocorreu a despeito da alta de quase 2% do dólar na semana passada. Isso sinaliza que a velocidade da valorização da moeda americana pode ter surpreendido até mesmo os exportadores e inibido o fechamento de operações, devido ao sentimento de maior volatilidade e incerteza.

Com o dólar mais caro, a contratação de câmbio para importação recuou 23% em relação à última semana de março.

Apesar das quedas em porcentagens semelhantes, em números absolutos deixaram de entrar no país via exportação US$ 1,236 bilhão. Do lado das importações, a baixa foi menor: -US$ 894 milhões. Por isso, o saldo comercial piorou frente à semana anterior.

Mas a melhora do fluxo geral foi garantida pela conta financeira – que inclui investimentos em portfólio, empréstimos, entre outras modalidades de operação.

Com isso, o saldo no acumulado do ano melhorou para US$ 5,362 bilhões, de US$ 2,669 bilhões ao término de março.

No último dia 3, o BC liquidou ainda a recompra de US$ 1,5 bilhão em operação de linha de dólar. No dia 29 de março, o BC vendera todo o lote de US$ 2 bilhões em linhas ofertado em rolagem.

Os números sugerem que o estoque total de linhas a vencer em maio totalizava US$ 3,5 bilhões, dos quais foram mantidos US$ 2 bilhões. Ou seja, o BC retirou liquidez do mercado à vista, o que chamou atenção de alguns operadores dada a escalada do dólar das últimas semanas.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!