Governo arrecadou R$ 484,9 milhões com venda de ações do Banrisul – Jornal do Comércio

Com a concretização da venda de 26 milhões de ações preferenciais do Banrisul, tipo PNB, ontem, o governo do Estado reforçará o caixa com os R$ 484,9 milhões que foram arrecadados. A venda das 26 milhões de ações acabou sendo feita por R$ 18,65, abaixo da cotação das ações um dia antes (R$ 19,15, no fechamento de segunda-feira). No final do dia, as ações do banco negociados sob o código BRSR6 fecharam em R$ 18,75, queda de 2,09% sobre segunda-feira, quando a cotação já havia retraído 2,79%. A operação foi realizada pelo BTG Pactual.

Em nota oficial, a Secretaria de Comunicação do governo gaúcho informou que a venda teve como motivação a busca do equilíbrio fiscal e cumprir compromissos financeiros essenciais, sem detalhar a destinação para o pagamento de salários, como especulado pelo mercado e entidades sindicais. Questionado sobre o resultado do negócio, o governo não comentou se o valor frustrou as expectativas de arrecadação. A Secretaria da Fazenda explica que, apesar de fechar abaixo da cotação de mercado, a venda foi efetuada por mais de R$ 18,00, que era o valor mínimo pré-estabelecido.

Carlos Müller, analista-chefe da Geral Investimentos, afirma que o principal motivador da venda abaixo do valor de mercado foi, provavelmente, o elevado número de ações. “O governo é um acionista que quer, ou precisa, vender um grande volume de ações. Por isso faz uma oferta de valor menor como forma de atrair comprador”, avalia Müller.

Também ontem foi realizada Assembleia Geral Extraordinária para aprovar a abertura do capital do Banrisul Cartões (subsidiária do Banrisul que tem personalidade jurídica própria), possivelmente por meio do lançamento inicial de ações (IPO). Até o início da noite, porém, a instituição não havia informado o resultado da assembleia. Analistas de mercado avaliam que não deve haver retrocesso na proposta de abertura do capital do Banrisul Cartões porque o governo, que é o maior acionista, foi quem fez a proposta.

No ano passado, o lucro líquido do Banrisul Cartões foi de R$ 222,1 milhões, aumento de 7,7% em relação a 2016. A possibilidade de fazer um IPO, segundo o governo, é devido ao potencial de negócios na área e à evolução de receitas e desempenho da operação, que abrange a credenciadora de transações Vero e cartões de benefícios e empresariais BanriCard. No fato relevante, o banco aponta “os recentes resultados financeiros da controlada Banrisul e crescimento do segmento de meios de pagamentos” como razões para a abertura de capital.

“Com a venda das ações do Banrisul ontem, porém, o governo arrecadou quase R$ 500 milhões, mas deixará de ganhar muito mais, até R$ 1 bilhão, quando for aberto o capital do Banrisul Cartões. Isso porque participação estatal na subsidiária, agora, será muito menor”, critica uma analista, que prefere não se identificar.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!